Arquivo de Janeiro, 2009

  • Na Travessa do Arouca, junto ao Bairro de Francos, subsiste um conjunto de habitações degradas duma “ilha” que há mais de sete anos aguarda a sua demolição para a abertura dum arruamento de ligação à Rotunda do Bessa. Esta é mais uma situação de habitações degradadas e insalubres que continuam a persistir, apesar das sucessivas promessas de Rui Rio de erradicar este flagelo. Esta situação foi denunciada pelo Vereador da CDU numa visita realizada à ilha da Travessa do Arouca em Francos (Ramalde).[Ler+...]

    Promessas de Rui Rio continuam por cumprir: “Ilhas” degradadas ainda são flagelo na cidade do Porto

    Na Travessa do Arouca, junto ao Bairro de Francos, subsiste um conjunto de habitações degradas duma “ilha” que há mais de sete anos aguarda a sua demolição para a abertura dum arruamento de ligação à Rotunda do Bessa. Esta é mais uma situação de habitações degradadas e insalubres que continuam a persistir, apesar das sucessivas promessas de Rui Rio de erradicar este flagelo. Esta situação foi denunciada pelo Vereador da CDU numa visita realizada à ilha da Travessa do Arouca em Francos (Ramalde).[Ler+...]

    Continuar a Ler...

  • O Vereador da CDU na CMP levou à reunião de Câmara de 20 de Janeiro uma recomendação para que seja elaborado um parecer jurídico sobre a actuação da empresa municipal Águas do Porto com o objectivo de regularizar as dívidas dos seus clientes, o que tem levado a inúmeros cortes no fornecimento de água.
A CDU lembra nesta recomendação que, segundo a Lei n.º 23/96, com a redacção que lhe foi dada pela Lei n.º 12/2008, no seu artigo 10.º, número 1, "o direito ao recebimento do preço do serviço prestado prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação". Logo, tratando-se, em muitos casos, de dívidas com anos e até com décadas, elas teriam prescrito à luz da lei.(Ler+...)

    CDU apresenta proposta sobre a cobrança ilegal pela Águas do Porto de dívidas prescritas

    O Vereador da CDU na CMP levou à reunião de Câmara de 20 de Janeiro uma recomendação para que seja elaborado um parecer jurídico sobre a actuação da empresa municipal Águas do Porto com o objectivo de regularizar as dívidas dos seus clientes, o que tem levado a inúmeros cortes no fornecimento de água. A CDU lembra nesta recomendação que, segundo a Lei n.º 23/96, com a redacção que lhe foi dada pela Lei n.º 12/2008, no seu artigo 10.º, número 1, "o direito ao recebimento do preço do serviço prestado prescreve no prazo de seis meses após a sua prestação". Logo, tratando-se, em muitos casos, de dívidas com anos e até com décadas, elas teriam prescrito à luz da lei.(Ler+...)

    Continuar a Ler...

  •   No passado dia 11 de Janeiro, Rui Sá, vereador da CDU na CMP, acompanhado doutros eleitos da CDU na freguesia de Cedofeita visitou a zona do Monte da Lapa, […]

    CDU apresenta proposta para a requalificação do Monte da Lapa

      No passado dia 11 de Janeiro, Rui Sá, vereador da CDU na CMP, acompanhado doutros eleitos da CDU na freguesia de Cedofeita visitou a zona do Monte da Lapa, […]

    Continuar a Ler...

  • O Coliseu do Porto é a única sala de espectáculos da cidade com capacidade de receber grandes encenações de Ópera. Ao longo de 10 anos, mediante um apoio regular do Ministério da Cultura ao Coliseu e ao Círculo Portuenses de Ópera, foi possível produzir 18 grandes encenações que atraíra cerca de 84 000 espectadores. Recentemente o Ministério da Cultura resolveu cortar esse apoio, pondo assim em causa a continuidade deste tipo de espectálos na cidade do Porto. A CDU apresentoubuma moção para a CMP protestar contra esta decisão do ministro mas para que a moção pudesse ser aprovada, por imposição de Rui Rio, os termos críticos relativamente ao ministro da Cultura tiveram que ser retirados. Compare as diferenças:

    CMP aprova moção da CDU contra o fim do apoio do Ministério da Cultura à Ópera no Coliseu do Porto

    O Coliseu do Porto é a única sala de espectáculos da cidade com capacidade de receber grandes encenações de Ópera. Ao longo de 10 anos, mediante um apoio regular do Ministério da Cultura ao Coliseu e ao Círculo Portuenses de Ópera, foi possível produzir 18 grandes encenações que atraíra cerca de 84 000 espectadores. Recentemente o Ministério da Cultura resolveu cortar esse apoio, pondo assim em causa a continuidade deste tipo de espectálos na cidade do Porto. A CDU apresentoubuma moção para a CMP protestar contra esta decisão do ministro mas para que a moção pudesse ser aprovada, por imposição de Rui Rio, os termos críticos relativamente ao ministro da Cultura tiveram que ser retirados. Compare as diferenças:

    Continuar a Ler...

  •   Em Março e Abril de 2004, Rui Rio e Vereadores da coligação PSD/CDS da Câmara Municipal do Porto multiplicaram-se em declarações públicas em que afirmavam que em 2005 estaria […]

    Rui Rio não cumpre os compromissos que assumiu com moradores de Campanhã

      Em Março e Abril de 2004, Rui Rio e Vereadores da coligação PSD/CDS da Câmara Municipal do Porto multiplicaram-se em declarações públicas em que afirmavam que em 2005 estaria […]

    Continuar a Ler...

  • Leia aqui a intervenção do Secretário-Geral do PCP, realizada no Porto, no dia 10 de Janeiro, no âmbito da apresentação da campanha nacional

    Sim, é Possível uma vida melhor! – Campanha Nacional do PCP

    Leia aqui a intervenção do Secretário-Geral do PCP, realizada no Porto, no dia 10 de Janeiro, no âmbito da apresentação da campanha nacional "Sim, é possível uma vida melhor!". Neste comício Jerónimo de Sousa criticou o Governo por durante meses ter ignorado, substimado e negado os efeitos da crise e, agora, avançar para a sua completa instrumentalização pedindo sacrifícios a quem há muito tempo os faz . (Ler+...)

    Continuar a Ler...