CDU reapresenta proposta de atribuição do nome de José Saramago a artéria do Porto

Em 2014, vão passar quatro anos do falecimento de José Saramago, vulto maior da cultura nacional e mundial. Escritor, poeta, romancista, jornalista, ensaísta, dramaturgo e argumentista, José Saramago ganhou o Prémio Camões em 1995, o maior prémio literário da língua portuguesa.

Viu as suas obras traduzidas em várias línguas (e adaptadas, nomeadamente para o cinema), contribuindo de forma efectiva para o reconhecimento internacional da prosa em língua portuguesa.

Reconhecimento que ficou patente ao ser galardoado com o Prémio Nobel da Literatura em 1998, até hoje, ser o único Prémio Nobel da Literatura Português.

Numa profunda demonstração de intolerância, em 2010, a Câmara Municipal do Porto, com os votos contra de todos os elementos da coligação PSD/CDS e a abstenção de um Vereador do PS, uma proposta de recomendação da CDU no sentido de atribuir o nome de José Saramago a uma artéria do Porto. O sectarismo da coligação PSD/CDS foi tamanho que mesmo a apresentação de condolências à família mereceu a abstenção do Presidente da Câmara e de cinco dos seus Vereadores e o voto contra do Vereador do CDS Sampaio Pimentel (ver http://www.cidadedoporto.pcp.pt/?p=546).

Assim, tendo em conta a possibilidade de correcção desta injustiça para com José Saramago, a Cultura e a Língua Portuguesa, a CDU levará à próxima reunião da Câmara do Porto, prevista para 25 de Março, a proposta em anexo.

Ler aqui texto da proposta de recomendação: PRCDU_JoseSaramago_250314

Porto, 19 de Marco de 2014

A CDU – Coligacao Democratica Unitaria / Cidade do Porto

Print Friendly, PDF & Email
Share