Degradação e insalubridade habitacional em “Ilha” de Aldoar

No dia 14 de Dezembro o vereador da CDU na Câmara Municipal do Porto, Pedro Carvalho, acompanhado de outros eleitos da CDU na Assembleia Municipal e na freguesia de Aldoar, […]

No dia 14 de Dezembro o vereador da CDU na Câmara Municipal do Porto, Pedro Carvalho, acompanhado de outros eleitos da CDU na Assembleia Municipal e na freguesia de Aldoar, visitou a Rua de Vila Nova, nesta zona da cidade do Porto. Durante a visita constatou a proliferação de lixeiras em terrenos que confrontam com a via pública mas que não são do domínio público, não sendo por esse motivo limpos com regularidade. Os eleitos da CDU constataram essas situações numa “Ilha” degradada na Rua de Vila Nova, onde se acumula lixo e no terreno contíguo ao Centro Social de S. Martinho de Aldoar.

Para os eleitos da CDU as situações identificadas durante esta visita vêm corroborar a preocupação da CDU relativamente à situação de emergência para o problema da habitação na cidade, tendo em conta os numerosos casos de famílias a residir em ilhas e outras casas degradas e insalubres. Não existindo, até ao momento, um recenseamento do número exacto de ilhas existentes no Porto, os últimos números disponíveis os do levantamento feito em 2011 pela Domus Social, apontava para cerca de 700, estimando-se, no entanto, que os valores reais estejam mais próximos dum levantamento anterior, realizado em 2001, que contabilizou 1.182 ilhas.

Pedro Carvalho considerou que estes são casos que colocam em risco a saúde pública e que a CDU irá colocar estas questões na próxima reunião de Câmara. No entanto a questão de fundo é de que “um dos grandes problemas que o Porto tem são as ilhas escondidas. Este é um problema que tem que ser encarado de frente, com um plano estratégico integrado. Apesar de as ilhas em causa não serem da autarquia, a Câmara do Porto tem que funcionar como um agente facilitador neste processo”

[cincopa A8BAHKcoJ3ji]

Print Friendly, PDF & Email
Share
Tags:

Sobre PCP Cidade Porto