Diversos Arquivo

  • A coligação PSD/CDS prossegue o processo de destruição da estrutura organizativa da Limpeza Urbana. De facto, e numa prova evidente da sua incapacidade e incompetência, a coligação PSD/CDS, em 3,5 anos teve 3 Directoras Municipais de Ambiente e Serviços Urbanos, 2 Directores do Departamento Municipal de Serviços Urbanos (estando, neste momento, vago o lugar) e 2 Chefes da Divisão de Limpeza Urbana. Agora está a proceder à destruição da estrutura operacional, com um processo de transferências, mudanças de funções e de responsabilidades dos quadros e funcionários, com ausência de diálogo e de respeito pelos próprios (Ler +)

    Rui Rio insiste na destruição do sistema de limpeza municipal

    A coligação PSD/CDS prossegue o processo de destruição da estrutura organizativa da Limpeza Urbana. De facto, e numa prova evidente da sua incapacidade e incompetência, a coligação PSD/CDS, em 3,5 anos teve 3 Directoras Municipais de Ambiente e Serviços Urbanos, 2 Directores do Departamento Municipal de Serviços Urbanos (estando, neste momento, vago o lugar) e 2 Chefes da Divisão de Limpeza Urbana. Agora está a proceder à destruição da estrutura operacional, com um processo de transferências, mudanças de funções e de responsabilidades dos quadros e funcionários, com ausência de diálogo e de respeito pelos próprios (Ler +)

    Continuar a Ler...

  • No passado mês de Dezembro uma delegação da CDU, com a participação da Deputada no Parlamento Europeu Ilda Figueiredo e do Vereador da Câmara do Porto Rui Sá, visitou o Mercado do Bolhão. Na visita os eleitos da CDU manifestaram a possibilidade do recurso a fundos comunitários para a recuperação do Mercado. Na sequência da visita, Ilda Figueiredo questionou a Comissão Europeia sobre esta possibilidade tendo, em final de Janeiro, recebido uma resposta positiva.
Perante esta resposta da Comissão Europeia, a CDU exorta Rui Rio para a explorar até ao limite a utilização de fundos comunitários para a recuperação do Mercado e a reconsiderar a forma prevista de financiamento do projecto desenvolvido em parceria com o IGESPAR e Ministério da Cultura.

    Comissão Europeia confirma possibilidade dos Fundos Comunitários financiarem a recuperação do Mercado do Bolhão

    No passado mês de Dezembro uma delegação da CDU, com a participação da Deputada no Parlamento Europeu Ilda Figueiredo e do Vereador da Câmara do Porto Rui Sá, visitou o Mercado do Bolhão. Na visita os eleitos da CDU manifestaram a possibilidade do recurso a fundos comunitários para a recuperação do Mercado. Na sequência da visita, Ilda Figueiredo questionou a Comissão Europeia sobre esta possibilidade tendo, em final de Janeiro, recebido uma resposta positiva. Perante esta resposta da Comissão Europeia, a CDU exorta Rui Rio para a explorar até ao limite a utilização de fundos comunitários para a recuperação do Mercado e a reconsiderar a forma prevista de financiamento do projecto desenvolvido em parceria com o IGESPAR e Ministério da Cultura.

    Continuar a Ler...

  • A CDU apresentou, na reunião de Câmara de 3 de Fevereiro, uma proposta para que a CMP corrigisse as anomalias detectadas nas casas da Urbanização de Santa Luzia. Rui Rio e os Vereadores da maioria PSD/CDS, ao chumbarem esta proposta, demonstram que não se querem comprometer formalmente a resolver os problemas que afectam a Urbanização de Santa Luzia desde a sua construção. Em palavras, assumem que querem resolver, mas a verdade é que, antes de Matilde Alves, já Rui Rio e Paulo Morais se tinham comprometido a realizar as obras e, passados 7 anos, nada foi feito, para desespero de muitos moradores. Por outro lado, a verdade é que no orçamento para 2009 da empresa municipal DomusSocial não estão inscritas nenhumas verbas para a reabilitação de Santa Luzia. Nesse sentido, e apesar de ter visto a sua proposta derrotada, a CDU manter-se-á atenta e actuante, tudo fazendo para que, efectivamente, as obras de Santa Luzia comecem ainda este ano.

    Maioria PSD/PP chumba proposta de reabilitação da Urbanização de Santa Luzia

    A CDU apresentou, na reunião de Câmara de 3 de Fevereiro, uma proposta para que a CMP corrigisse as anomalias detectadas nas casas da Urbanização de Santa Luzia. Rui Rio e os Vereadores da maioria PSD/CDS, ao chumbarem esta proposta, demonstram que não se querem comprometer formalmente a resolver os problemas que afectam a Urbanização de Santa Luzia desde a sua construção. Em palavras, assumem que querem resolver, mas a verdade é que, antes de Matilde Alves, já Rui Rio e Paulo Morais se tinham comprometido a realizar as obras e, passados 7 anos, nada foi feito, para desespero de muitos moradores. Por outro lado, a verdade é que no orçamento para 2009 da empresa municipal DomusSocial não estão inscritas nenhumas verbas para a reabilitação de Santa Luzia. Nesse sentido, e apesar de ter visto a sua proposta derrotada, a CDU manter-se-á atenta e actuante, tudo fazendo para que, efectivamente, as obras de Santa Luzia comecem ainda este ano.

    Continuar a Ler...

  •   VOTO DE PESAR Faleceu, no passado dia 21 de Janeiro, o Pintor Jaime Isidoro. Nascido a 21 de Março de 1924, Jaime Isidoro estudou desenho e pintura na Escola […]

    Voto de pesar pelo falecimento do pintor Jaime Isidoro

      VOTO DE PESAR Faleceu, no passado dia 21 de Janeiro, o Pintor Jaime Isidoro. Nascido a 21 de Março de 1924, Jaime Isidoro estudou desenho e pintura na Escola […]

    Continuar a Ler...

  • Perante a necessidade de proceder a um diagnóstico desta situação e das suas causas políticas, assim como para esboçar caminhos para uma política alternativa, a DORP do PCP promove uma audição pública, visando auscultar problemas e discutir soluções. Esta sessão terá lugar no próximo dia 16 de Fevereiro, pelas 21h30, no Auditório da Cooperativa Árvore (Rua Azevedo de Albuquerque, nº1) e contará com a presença de Honório Novo (Deputado do PCP), Rui Sá (Vereador na CMP), José António Gomes e José Luís Borges Coelho.

    Audição pública sobre a vida cultural e artística no Porto

    Perante a necessidade de proceder a um diagnóstico desta situação e das suas causas políticas, assim como para esboçar caminhos para uma política alternativa, a DORP do PCP promove uma audição pública, visando auscultar problemas e discutir soluções. Esta sessão terá lugar no próximo dia 16 de Fevereiro, pelas 21h30, no Auditório da Cooperativa Árvore (Rua Azevedo de Albuquerque, nº1) e contará com a presença de Honório Novo (Deputado do PCP), Rui Sá (Vereador na CMP), José António Gomes e José Luís Borges Coelho.

    Continuar a Ler...

  • Quando se completam 3 anos sobre a publicação em Diário da República do PDM do Porto, a CDU sublinha a incoerência de Rui Rio e da Coligação PSD/CDS e acusa-os de, ao contrário da imagem de rigor que tentaram construir, ceder, de facto, aos interesses da especulação imobiliária. E só não irá mais longe, na destruição da Cidade, porque os tempos não são favoráveis para o negócio dos especuladores.(Ler+...)

    A política urbanística da coligação PSD/PP três anos após a publicação do PDM

    Quando se completam 3 anos sobre a publicação em Diário da República do PDM do Porto, a CDU sublinha a incoerência de Rui Rio e da Coligação PSD/CDS e acusa-os de, ao contrário da imagem de rigor que tentaram construir, ceder, de facto, aos interesses da especulação imobiliária. E só não irá mais longe, na destruição da Cidade, porque os tempos não são favoráveis para o negócio dos especuladores.(Ler+...)

    Continuar a Ler...