CTT pretendem encerrar também a estação de correios do Amial

PCP convoca protesto no local para 2ªf, dia 5 Fevereiro, pelas 16h45m Chegou ao conhecimento do PCP que os CTT decidiram também o encerramento da estação do Amial, na freguesia […]

PCP convoca protesto no local para 2ªf, dia 5 Fevereiro, pelas 16h45m

Chegou ao conhecimento do PCP que os CTT decidiram também o encerramento da estação do Amial, na freguesia de Paranhos. Esta estação não constava da lista que a empresa divulgou com possíveis encerramentos. Encontra-se localizada numa zona particularmente movimentada, rodeada de bairros e urbanizações, com muita oferta de comércio e serviços. Caso esta decisão venha a concretizar-se, corresponderá a sérios prejuízos para a população e para as empresas da zona.

Este encerramento, a confirmar-se, soma-se a outros que estão previstos acontecer em breve no Porto, nomeadamente a estação da Galiza, conforme o PCP denunciou em comunicado no passado dia 4 de Janeiro (ver http://www.cidadedoporto.pcp.pt/?p=4829), que justificou um protesto realizado a 8 Janeiro e a apresentação de uma proposta da CDU em reunião da Câmara Municipal.

Importa lembrar que na cidade do Porto, desde 2011, foram encerradas 11 estações dos CTT – Antas, Loja do Cidadão, Pinto Bessa, Campo Lindo, Augusto Luso, Malmerendas, Palácio da Justiça, Rua Ferreira Borges (Bolsa), Lordelo do Ouro, S. Roque e Rua da Boavista, tendo sido também retiradas várias dezenas de marcos do correio da via pública. Simultaneamente, foram assumidos por juntas de freguesia vários postos dos CTT, criando situações de transferência insustentável de encargos para o erário público de uma empresa que entretanto foi privatizada.

Considerando a urgência de mobilizar os utentes contra mais um sério ataque a um importante serviço público, o PCP torna público que levará a cabo um protesto junto à estação do Amial na próxima 2ªf, dia 5 Fevereiro, pelas 16h45m.

Porto, 1 Fevereiro de 2018

A Direcção da Organização da Cidade do Porto do PCP

 

Print Friendly, PDF & Email
Share
Tags:

Sobre PCP Cidade Porto