CDU desafia Rui Moreira a terminar com silêncio cúmplice em relação à situação da UF de Lordelo do Ouro e Massarelos

O Presidente e outro membro da Assembleia da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e de Massarelos, ambos eleitos pelas listas de Rui Moreira/CDS decidiram, publicamente, retirar a confiança […]

O Presidente e outro membro da Assembleia da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e de Massarelos, ambos eleitos pelas listas de Rui Moreira/CDS decidiram, publicamente, retirar a confiança política à Presidente da Junta.

No balanço do primeiro ano do atual mandato autárquico a CDU já tinha constatado a falta de coesão dos eleitos da coligação Rui Moreira/CDS, apreciação que agora se reconfirma. De facto, e para além dos problemas existentes na União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Miragaia, Sé, S. Nicolau e Vitória (onde o próprio Rui Moreira retirou a confiança política ao Presidente da Junta), assistiu-se, nos últimos meses, a diversas demissões na Junta da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde e, agora, a este conflito na União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos – situações que não contribuem para a dignidade dos órgãos autárquicos e que, objectivamente, dificultam a resolução dos inúmeros problemas com que os moradores dessas freguesias se debatem.

Os eleitos da CDU na Assembleia da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos procuraram, informal e formalmente, através da Assembleia de Freguesia, de há três meses para cá, obter respostas sérias a questões surpreendentes entretanto tornadas públicas, mas sêm êxito. O Executivo da Junta respondeu como quis e quando quis, mas sempre sem rigor.

Este desrespeito pelos eleitos na Assembleia de Freguesia, supomos, terá sido a “gota de água”, levando a este último conflito que assume maior gravidade na medida em que o Presidente da Assembleia da União de Freguesias fez um conjunto de acusações à Presidente e ao Tesoureiro da Junta que configuram situações de ilegalidade e de uso para interesses pessoais de recursos públicos (ver, em anexo, cópia de documento distribuído pelo Presidente da Assembleia na sessão de 16 de Setembro).

Situação que ganha ainda mais relevância quando se sabe que a atual Presidente da Junta foi, anteriormente, Tesoureira e Presidente da Junta de Freguesia de Massarelos pelo PSD, e decorre uma auditoria por parte da IGF a essa autarquia (devido a um conjunto de ilegalidades ali detetadas) cujo relatório ainda não foi tornado público, não obstante as diversas insistências dos eleitos da CDU na Assembleia de Freguesia e na Assembleia da República.

Na sessão do passado dia 23, apesar da enorme turbulência, até do público, os eleitos da CDU na Assembleia da União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos procuraram obter os esclarecimentos que solicitam há meses à Presidente da Junta.

Lamentavelmente, em vez de prestar esses esclarecimentos, a Presidente e outros elementos do Executivo da Junta, a pretexto da defesa da honra, sobre as diversas acusações preferiram tentar o achincalhamento do Presidente da Assembleia e do outro elemento da lista Rui Moreira/CDS. Nessa conformidade, e tendo em conta a gravidade e pormenorização das acusações, assim como o facto da maioria dos membros da Assembleia terem recusado que o próprio órgão autárquico o fizesse, a CDU vai remeter para o Ministério Público uma certidão da intervenção do Presidente da Assembleia de Freguesia, solicitando que as acusações explicitadas na mesma sejam objeto de urgente análise.

A CDU não pode deixar de registar o silêncio do Presidente da Câmara, Rui Moreira, perante esta divisão pública dos membros da sua lista e, em particular, perante a gravidade de acusações que, a comprovarem-se, põe em causa a honestidade de membros delas, bem como o interesse público. Nesse sentido, a CDU desafia Rui Moreira a terminar com o seu silêncio cúmplice sobre esta situação e a pronunciar-se acerca da mesma.

AnexoDocumento distribuído pelo presidente da AF em 16.09.2015

A CDU – Coligação Democrática Unitária / Cidade do Porto

Print Friendly, PDF & Email
Share

Sobre PCP Cidade Porto