Jorge Machado contra privatização da STCP e Metro do Porto

Jorge Machado, em declarações à comunicação social no Porto, classificou o processo de privatização da STCP e Metro do Porto através de ajuste directo como inaceitável e criminoso. O Deputado […]

Jorge Machado, em declarações à comunicação social no Porto, classificou o processo de privatização da STCP e Metro do Porto através de ajuste directo como inaceitável e criminoso.

O Deputado considera que este processo, feito por ajuste directo e sem qualquer respeito pelas “regras de transparência”, é ilegítimo e lesivo dos interesses da população e do País afigurando-se como uma verdadeira entrega de duas empresas públicas a privados. Condenando assim aquilo que considera como a obsessão privatizadora do Governo, que em fim de mandato e sob um discurso falacioso, procura a todo o custo privatizar e entregar património público às mãos de privados.

Jorge Machado afirmou ainda que, ao contrário do defende o Partido Socialista, com um suposto modelo alternativo, mas de cariz privatizador, o PCP defende a paragem imediata deste processo de privatização da STCP e Metro do Porto por considerar que se trata de um crime económico e social.

Print Friendly, PDF & Email
Share

Sobre PCP Cidade Porto